Verdades inconvenientes

by - 00:47

Atenção: este texto contém informações duras sobre a realidade e sua leitura não é recomendada para pessoas cardíacas, portadoras de marca passo, iludidas ou com a eterna síndrome da Alice no país das maravilhas.

  • Não conte com ninguém nessa vida que não seja com você mesmo. Nunca, jamais, pra nada. Aprenda a se virar sozinho, a lamber e curar suas próprias feridas no silêncio do seu quarto. Construa seus planos, persiga seus sonhos, mas nunca espere que alguém vá aparecer pra dar uma forcinha no sentido de acelerar as coisas ou fazê-las acontecer. Ótimo se alguma boa alma quiser ajudar, agradeça e retribua se puder. Mas tenha em mente que ninguém tá ligando pro que você quer, afinal de contas, ta todo mundo muito ocupado em fazer as suas próprias coisas acontecerem.
  • Aprenda a ficar quieto e guardar as coisas só pra você. Ouça ao invés de falar e esqueça tudo imediatamente. Não se envolva em fofocas, não espalhe boatos. Cuide da sua vida.
  • Não faça nada por alguém esperando outra coisa em troca, pois certamente será essa a melhor oportunidade que você terá de se decepcionar e de alguma forma, perder um pouco da fé na humanidade
  • Tenha sonhos e planos e concentre toda a sua energia neles. A vida sem isso não tem rumo. Porém, minha recomendação é de que as suas metas nunca incluam alguém. Faça por você e pra você. Esse negócio de colocar outras pessoas no seu futuro pode ser muito perigoso.
  • Espere tapinhas nas costas, mas não conte com recompensas.
  • Seja independente no total sentido da palavra. Ganhe seu próprio dinheiro, viva a sua própria vida, construa a sua felicidade do jeito que der. Não fique amarrado à alguém e nem deixe que o contrário aconteça. Se possível, seja autosuficiente também (uma pena que ainda precisamos uns dos outros pra nos reproduzirmos).
  • Seus colegas de trabalho são apenas seus colegas de trabalho, não são seus amigos (salvo algumas poucas e raras exceções). O mundo corporativo é uma selva perigosa e competitiva demais pra que amizades se estabeleçam. Não dá pra querer criar laços num ambiente inóspito onde hienas riem de zebras, leões desfilam de peito inflado pela savana e onde cobras podem até morder. Todo cuidado é pouco. Sei que é triste, mas é a mais pura realidade.
  • Na medida do possível, entre mudo e saia calado. De qualquer lugar.
  • Saiba o que você quer e o que você não quer da vida em geral. Tendo isso em mente, tudo fica mais fácil e simples.
  • Conscientize-se de que você é descartável e perfeitamente substituível. Seu marido, namorado ou seu peguete pode muito bem cansar de você do dia pra noite e te dar um belo chute na bunda. A empresa onde você trabalha pode muito bem ter que reduzir custos e te demitir de um dia pro outro. Sabendo disso, você ainda vai ter coragem de apostar as fichas todas da sua vida e da sua felicidade em coisas tão voláteis e sujeitas à intempéries como relacionamentos e empregos?
  • Aprenda a identificar na vida aquelas pessoas que merecem o seu melhor e aquelas que simplesmente não merecem nada seu porque não são capazes de entender a sua verdadeira essência.
  • Não desperdice seu tempo na tentativa de ser o que você nunca vai ser e ter o que você nunca vai ter. Autoconheça-se pra saber até onde você deve lutar.
  • E pra encerrar: o que quer que você se disponha a fazer nessa vida, tente fazer bem feito. Tenha tesão pelas coisas porque sem isso tudo fica muito mais chato do que normalmente ja é.


Veja mais Posts

1 comentários