Mulheres que reclamam

by - 03:40


Faz tempo que tô me preparando pra escrever esse texto, mas sempre acabo empacando em algum parágrafo ou tropeçando em alguma ideia. Mas decidi que é hoje que vou “destampar a panela”, “descer das tamancas” e “rodar a baiana” e vai ser aqui e agora. Porque eu cansei. Enchei o saco.


Parem de reclamar, suas chatas!

Galera, é o seguinte: chega desse papinho de que as mulheres, o sexo frágil da sociedade, precisam equilibrar na mesma bandeja com maestria o seu lado profissional, maternal, além de ter que ser boa esposa e uma mulher de respeito. Tô azul desse mimimi e ele é totalmente contraditório com aquilo que essas mesmas mulheres buscam que é igualdade em direitos e deveres com os homens. Vou começar a destrinchar as minhas queixas então.



Reparem que nas entrevistas com mulheres em revistas, jornais, TV ou outro meio de comunicação, sempre é feita a pergunta cretina “como você consegue dar conta de ser 3 em 1 (mãe – esposa – profissional)?” Vocês já viram o mesmo tipo de pergunta ser feita pra um homem? “Como você, homem, consegue ser pai, esposo e profissional”? Não, você nunca ouviu ou leu uma questão como essa porque ninguém pergunta porque não tem sentido. Pois é. Então por que perguntam isso pra uma mulher SEMPRE? Por acaso somos menos preparadas pra isso? Ou será que nosso papel nessa tríade é muito mais importante do que o dos homens? Sinceramente, não entendo a pergunta e não vejo fundamento nela.

Eu não aguento mais!!!!

Bom, mas daí tem aquelas mulheres que adoram dizer que estão cansadas de ter que ser boas mães, boas esposas e profissionais competentes. Enchem a boca pra reclamar do peso dessa cruz. Aí eu devolvo a reclamação perguntando: "mas vem cá, fulana, não foi tu mesma quem escolheu desempenhar esses 3 papeis? Ta reclamando por que então? E se o fardo tá tão pesado assim, por que então não se faz a divisão de algumas tarefas com o marido?" Ah, pois é....

Are you sure?

Nunca vi homem se queixando de ter que ser pai, profissional e marido ao mesmo tempo. Então por que é que as mulheres reclamam tanto e discutem a exaustão esse tema? Minha suposição é que mulher tem sempre que se queixar de alguma coisa, se exige no mínimo a máxima perfeição e não sabe delegar tarefas, especialmente para maridos.  E tem outra: quem foi que disse que TEMOS que ser boas mães, ótimas esposas e brilhantes trabalhadoras? Aposto que foi uma mulher.



E por último, acho o seguinte: fomos nós, mulheres, que resolvemos um belo dia queimar sutiãs em praça pública pra exigir direitos e deveres iguais aos dos homens. Fomos nós que, cansadas de bater bolo, cuidar das crianças e esperar os maridos chegarem em casa, lutamos pra entar no mercado de trabalho. E não contentes, compramos mais um round nessa briga pra também poder ocupar posições de destaque e poder em empresas e cargos públicos. E vejam só, estamos levando vantagem! E aí nós vamos sentar e reclamar que não conseguimos ser boas mães, esposas e ainda mandar num país? Soa mesmo contraditório o discurso da prática, não acham?

A fogueira das vaidades

Chega desse mimimi, mulherada! Deu dessa choradeira! Parem com essas reclamações! Ou então, recolham as armas e voltem pra casa pra bater bolo e esperar o marido chegar do serviço.

No way back

Veja mais Posts

0 comentários