Intervalo

by - 00:19

No Intervalo de hoje não vou fazer merchandising de nenhum produto de usar no rosto ou no corpo, mas vou recomendar alguns produtos de usar no cérebro. É, porque os nossos neurônios também precisam de novidades de vez em quando pra se manterem vivos e pulsantes. E as pílulas cerebrais a gente toma toda vez que lê alguma coisa legal, vê alguma coisa interessante, sente alguma coisa diferente. 


Deixo então aqui algumas dicas de leitura virtual pra agradar o seu cérebro nessa quarta-feira.

Marcelo Rubens Paiva - Pequenas Neuroses Contemporâneas
Talvez a geração Y não saiba quem é Marcelo Rubens Paiva, o eterno autor de Feliz Ano Velho e do roteiro do filme E Aí, Comeu? Marcelo Rubens Paiva é inteligente demais, politizado demais, atual demais. E deixo como dica o post escrito hoje no blog que ele tem no Estadão. Recomendo especialmente a leitura da segunda parte do texto onde ele escreve sobre a capacidade que algumas pessoas tem de fazer o que o seu coração manda. Pra ler o texto, é só clicar bem aqui
Ah! E pra quem quiser ler mais alguma coisa escrita pelo Marcelo, recomendo muito o livro A Segunda Vez que Te Conheci. 

Ivan Martins - Revisa Época online
Se eu disser que Ivan Martins é a Martha Medeiros de calças, estarei denegrindo e ofendendo um escritor tão bom. Martha Medeiros, me desculpa, mas o Ivan escreve sobre relacionamentos muito melhor do que tu talvez pelo simples fato de ele ser homem e ter uma visão muito menos romântica e melodramática dos melodramas sentimentais de cada um de nós. Ivan Martins é realista sem ser frio, é sentimental sem ser piégas, sofre sem ser vítima e tem a capacidade de analisar as relações amorosas por um outro prisma bem menos complexo na minha opinião. 
Sou bem fã dos textos do Ivan Martins e selecionei alguns dos meus preferidos pra dividir com vocês.
Noites de Inverno - leia clicando aqui
Como Dizer Adeus - leia clicando aqui
Aqui, agora, de todo o coração - clique aqui e leia
Trair é a pior coisa do mundo? - leia aqui
Trabalhar sofrendo: pode? - clique aqui pra ler

Xico Sá - Modos de Macho, Modinhas de Fêmea e outros Chabadabadás
A feiúra do Xico Sá é proporcional à capacidade que ele tem de escrever textos tão inteligentes, carregados de um humor leve e de uma sensualidade absurda. Xico Sá é sexy, é muso. Aliás, não consegui achar ainda na literatura contemporânea alguém que escrevesse tão bem sobre mulheres como ele. Qualquer fêmea que leia um texto do Xico Sá é capaz de se imaginar como a musa inspiradora de tal homenagem porque ele escreve "babando". 
Deixo com vocês meus textos preferidos do blog que ele tem na Folha de São Paulo e recomendo um livrinho chamado Catecismo de Devoções, Intimidades e Pornografias em formato de mini Bíblia.
Ela tem um amante, o que fazer? Leia aqui
Campanha pela volta da calça vermelha - Clique e leia
No início do amor, Hércules assobia e chupa cana - clique aqui pra ler

Veja mais Posts

0 comentários