Bom dia por que?

by - 00:27


Eu sofro de um mau humor crônico logo nas primeiras horas do meu dia e isso acontece porque geralmente acordo atrasada e tenho que fazer tudo correndo. E fazer as coisas correndo é algo que me irrita, então isso explica em parte o meu mau humor matinal. Além disso, eu preciso de silêncio logo que eu acordo, não gosto de falar com ninguém e não gosto que ninguém fale comigo. Isso dura mais ou menos até às 10h – 10h30 da manhã em dias úteis. O problema é que como eu chego no trabalho às 8h30, é inviável esse silêncio, logo eu to sempre de mau humor e irritada de manhã. Fato.
Pra completar esse mau humor natural, várias pequenas “tragédias” deram pra me acontecer logo cedo e isso só aumenta ainda mais a minha raiva matinal. Semana retrasada eu tive uma maré de azar de manhã cedo que foi quase inacreditável e vou relatar aqui pra que vocês possam rir (agora até eu consigo rir, mas na hora em que as coisas aconteceram não foi nada engraçado).

Quarta-feira
Acordei às 7h da madrugada, um pouco mais cedo do que o normal, porque precisava lavar o cabelo (e isso aumenta o tempo do meu banho em pelo menos 20 minutos). Tava lá debaixo do chuveiro com o cabelo cheio de shampoo quando a água resolveu ficar gelada. Respirei fundo, desliguei o chuveiro e liguei de novo. Continuava fria. Mais uma vez repeti a operação agora com o shampoo escorrendo pelos olhos e mais uma vez não tive sucesso. Saí do box irada e fui toda molhada até a área de serviço tentar arrumar o maldito junker. Voltei pro chuveiro e daí a água estava quente demais (odeio banho escaldante). Coloquei a segunda dose de shampoo no cabelo enquanto tentava em vão regular a temperatura do chuveiro, que oscilava entre 0ºC e 100ºC. De novo saí do box chorando de raiva pra ir toda molhada até a área de serviço tentar de novo ajustar a porra do junker. Não consegui e como ja tava mais do que atrasada, decidi tomar banho gelado mesmo às 7h da madrugada. Ah! Esqueci um detalhe: no meio desse entreveiro, a cestinha onde coloco os 249 shampoos que eu uso, resolveu despencar da parede e caiu em cima do meu pé. Delícia, né?
Isso detonou a minha manhã, saí de casa mais do que atrasada e no meio da estrada (eu percorro 20km pela BR 290 até chegar ao escritório) comecei a chorar de novo de raiva. Porém, eu tava com uns 5cm de creme na cara por conta de um tratamento e o maldito creme começou a entrar dentro dos meus olhos e a arder demais. Eu não conseguia enxergar a estrada e tive que parar no acostamento pra limpar o rosto. Como tava com rímel fiquei toda borrada e cheguei no trabalho furiosa e com cara de fim de festa.

Quinta-feira
Pra variar acordei atrasada, saí correndo, me vesti de qualquer jeito e na troca de bolsas esqueci meu óculos de grau em casa. Passei o dia todo sem enxergar direito e de noite minha cabeça tava explodindo.

Sexta-feira
Mais uma vez acordei bem depois do horário e saí de casa no horário em que deveria estar chegando no trabalho. Quando estava pegando o acesso à BR, fui cortada por um caminhão, o que me impediu de virar à direita como deveria. Fui obrigada a seguir reto e acabei enfrentando um trânsito absurdo de todos os veículos que vem da GPA (Grande Porto Alegre), tive que dar uma mega volta e percorri um caminho muito maior.

E hoje, pra completar a coleção de infortúnios de manhã cedo, minha faxineira liga dizendo que não ia poder ir la em casa porque ela foi a uma festa ontem e acordou com muita dor de cabeça (vulgo ressaca).

Deu pra entender agora porque eu sou mau humorada de manhã?

Veja mais Posts

0 comentários